Associe-se

Ficha de Inscrição

Para se associar basta efetuar o depósito e enviar
o comprovante junto com a ficha de inscrição via email para abeedf@abeedf.com.br

A contribuição anual é de R$ 120,00
Pode ser paga em uma única parcela de R$ 100,00,
isto é, com um desconto de R$ 20,00,
ou em 4 parcelas de R$ 30,00.

Conta para depósito
Caixa Econômica Federal
ag.: 0004
cc.: 2710-0
cnpj.: CNPJ 37.100.211/0001-06

Historicamente, os associados da ABEE, em qualquer das regiões do nosso Brasil, tem sido, também, um contribuinte. Eles contribuem com taxas que, atualmente, variam de R$ 60,00 a R$ 120,00. Minas gerais e São Paulo são os estados que cobram as menores taxas. Eles possuem o maior número de associados (cerca de 30.000 em Minas) e, assim, podem alcançar uma contribuição bastante significativa mesmo quando a contribuição individual é pequena. No nosso caso, como estamos iniciando neste ano o processo de contribuição, e como temos apenas 750 associados, tivemos de optar pelo maior valor de contribuição.

Temos muito o que fazer para alcançar um estado de arrecadação regular, suficiente para atendermos a demanda reprimida de trabalho que reclama o nosso empenho. Mas inovamos, para que a contribuição pese o menos possível no bolso de cada um.

Essa Ficha Cadastro de Associado é muito importante, pois estamos criando um Cadastro de Talentos e o seu nome irá constar ali, destacando sua formação, especialização e/ou suas teses de mestrado e/ou doutorado. Mas o mais importante é que você definirá as áreas onde tem interesse de trabalhar.

A ABEE está trabalhando junto a diversos órgãos, com a intenção de abrir mercado para os seus profissionais. A intenção é que nós possamos ser contratados diretamente para realizar serviços específicos que não exijam longo prazo ou contratação formal tipo CLT. A Novacap está precisando analisar uma série de projetos que ela contratou via licitação com determinadas empresas, e agora precisa aprovar os serviços realizados. Nós podemos fazer isso, através de uma simples Ordem de Serviços.

Os Ministérios estão sempre necessitando de fiscalização de obras contratadas com os estados e municípios e, às vezes, não têm engenheiro disponível.

Estamos trabalhando pra implantar um Programa de Conformidade de Instalações de BT, e isso, também, poderá nos abrir novas oportunidades.